h1

Uma reflexão sobre a amizade

20/07/2011

Publico abaixo um lindo email que recebi de uma amiga:

Hoje é o dia do amigo. Já abraçou os seus?

Sabe de quem foi a idéia de instituir o Dia do Amigo, comemorado em 2011 nesta quarta-feira? De um professor argentino, chamado Enrique Ernesto Febbraro, depois que o homem chegou à lua, em 20 de julho de 1969.

Parece estranho? A justificativa é que, a partir daquele momento, o mundo não teria mais fronteiras, deixando de existir as barreiras nos relacionamentos entre as nações, independente da raça, da ideologia ou da religião. Com a chegada do homem à lua, ele enviou cerca de quatro mil cartas para diversos países e idiomas com o intuito de instituir o Dia do Amigo. Febbraro considerava a chegada do homem a lua “um feito que demonstra que se o homem se unir com seus semelhantes, não há objetivos impossíveis“.

O professor promoveu uma grande festa em Buenos Aires, na data, dedicando-a aos amigos. A oficialização aconteceu com o decreto nº 235/79. Por isso, Febbraro recebeu duas indicações ao prêmio Nobel da Paz.

Aos poucos a data foi sendo adotada em outros países e hoje, em quase todo o mundo, o dia 20 de julho é o Dia do Amigo, é quando as pessoas trocam presentes, se abraçam e declaram sua amizade umas as outras, na teoria.

No Brasil, apesar de não ser regulamentada por lei, o dia do amigo é comemorado popularmente em 18 de abril. No entanto, o país também vem adotando a data internacional, 20 de julho, sendo inclusive instituída oficialmente em alguns estados e municípios.

Uma reflexão sobre a amizade:

A amizade constrói-se
É preciso ser amigo, muito mais do que ter amigos.
A amizade move-se num nível profundo.
A amizade implica responsabilidade.
A amizade implica sinceridade absoluta.
A amizade implica autenticidade.
A amizade é fidelidade absoluta.
Os verdadeiros amigos lutam pela mesma causa que a nossa.
A amizade é simplicidade, espontaneidade, integridade.
Amigo é aquele que dá e recebe.
Amigo é aquele que tem necessidade de ajuda e dá ajuda.
O verdadeiro amigo diz aquilo que pensa.
O verdadeiro relacionamento de amizade exige, também, críticas, observações, pareceres discordantes.

Os verdadeiros amigos vêem um ao outro por aquilo que verdadeiramente são, criticam-se reciprocamente e permanecem amigos.

É difícil e raro encontrar um amigo fiel, um amigo de verdade.

Mas existem algumas regras que podem nos ajudar a conquistar e preservar uma amizade preciosa:

Se quiserem ter amizades longas, procurem ter memória curta.

Se procurarem amigos sem defeitos, não terão nenhum amigo.

Seu melhor amigo é aquele que traz à tona o que há de melhor em você.

Um amigo é alguém que compreende seu passado, acredita em seu futuro e o aceita hoje, do jeito que você é.

A amizade não deve ser vista como algo que recebemos e sim como algo que oferecemos.

É bom ter um amigo para compartilhar as tristezas; mas é indispensável ter um amigo para compartilhar as alegrias.

Ninguém é tão auto-suficiente que não precise de um amigo.

Não há maior riqueza no mundo, do que ter bons amigos.

Mas não nos esqueçamos que: para se ter um amigo, é preciso ser um bom amigo.

Muita gente se esquece, mas a amizade é uma estrada de duas mãos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: